Gerenciamento de software com apt-get

Gerenciamento de software com apt-get

Para sistemas que estão conectados a internet, uma ferramenta muito valiosa é o apt-get. Este possui uma facilidade incrível na instalação de pacotes com apenas uma linha de comandos. Aqui listaremos as principais características e configurações deste poderoso gerenciador de pacotes. Para que o apt-get funcione corretamente, é necessário primeiramente que seu arquivo de configurações esteja configurado de forma correta, estas configurações podem ser realizadas em /etc/apt/sources.list. Abaixo temos um exemplo do arquivo de configurações /etc/apt/sources.list:

host:~# cat /etc/apt/sources.list
deb http://http.us.debian.org/debian stable main contrib non-free
deb http://security.debian.org stable/updates main contrib non-free

Como visto acima, o arquivo possui configurações simples.  A primeira linha diz ao apt para que sejam verificados pacotes da distribuição stable nas seções main, contrib e non-free. A segunda linha tem o mesmo propósito, porém somente utilizada para atualizações de segurança. O primeiro passo para a configuração do apt é a definição do arquivo /etc/apt/sources.list como mostrado no exemplo acima, após a execução desta configuração, é necessário atualizar a lista de repositórios com o comando apt-get update. Realizado o passo anterior, o apt está pronto para a tarefa de instalar, remover ou ataulizar softwares. Abaixo listamos as opções mais utilizadas:

apt-get update

Comandos utilizados para atualizar a lista de pacotes, deve ser executado sempre antes de instalar qualquer pacote.

apt-cache search <palavra chave>

Localiza pacotes com as palavras chave especificadas. Abaixo o exemplo da procura pelo pacote php5-mysql:

host:~# apt-cache search php5-mysql
php5-mysql - MySQL module for php5

Foram exibidos todos os pacotes que contém php5-mysql em sua descrição. Caso deseje uma listagem detalhada de informações do pacote php5-mysql, pode ser utilizada a linha de comandos apt-cache show php5-mysql, no qual exibirá informações de dependências, tamanho, mantenedores, etc…

apt-get install <pacote>

Comandos utilizados para instalar um novo pacote. Por exemplo, para se instalar o pacote php5-mysql, de ver utilizada a linha de comandos apt-get install php5-mysql. Estes comandos irão instalar o pacote php5-mysql juntamente com todas as suas dependências e perguntando se realmente deseja realizadar a ação solicitada.

apt-get remove <pacote>

Comandos utilizados para a remoção de um pacote. Um detalhe é que estes comandos removem o pacote com suas dependências, neste caso fique atendo a remover um pacote, pois podem ser removidos pacotes que dependem do mesmo. Para remover o pacote php5-mysql utilizamos apt-get remove php5-mysql.

apt-get upgrade

Comandos utilizados para atualizar todos os pacotes do sistema. Ao utilizar estes comandos o apt irá procurar por todos os softwares mais recentes no arquivo de configuração /etc/apt/sources.list e efetuar a atualização. Por ser um comando de atualização global, em determinados casos pode ser necessário o reinício do sistema, noc aso da atualização do kernel por exemplo.

Neste artigo procuramos demonstrar as formas mais utilizadas do gerenciador de pacotes apt do dia dia, facilitando assim o gerenciamento de pacotes e mantendo o sistema sempre atualizado de maneira segura.

 

 

administrador

Os comentários estão fechados.