Blog

nxserver e o teclado

O nxserver é sem dúvida uma das melhores soluções para acesso remoto em sistemas Linux, porém apresenta problemas quando existe a necessidade de acesso remoto a algumas teclas de função. Em nossos testes foram encontrados problemas com o caracter “/”.

Este é imprescindível para a administração de sistemas Linux e demais tarefas relacionadas ao ambiente gráfico, para contornar o problema foi utilizado o comando xmodmap. Este salva o mapa de caracteres atual em um arquivo e o carrega posteriormente após realizar login na interface gráfica.

Primeiramente é necessário atualizar o keymap atual, a seguir configuramos o sistema para utilizar o br-abnt2:

$setxkbmap -model abnt2 -layout br
$xmodmap -e "keycode 123 = slash question"
$xmodmap -e "keycode 211 = slash question"

Uma vez configurado o teclado a configuração será exportada para o arquivo .xmodmaprc, este deverá estar no diretório home do usuário em questão:

xmodmap -pke > .xmodmaprc

 Em nosso caso estamos utilizando o XFCE como ambiente gráfico padrão, a configuração deve ser adicionada na inicialização do ambiente gráfico. Esta pode ser realizada através do meu “Applications Menu / Settings / Session and Startup.  Na aba Application Autostart adicione as informações conforme a figura abaixo:

Capturar

Após a configuração clique em ok e o mapa de caracteres estará correto.  No próximo login a interface gráfica. Como o Linux possui uma enorme flexibilidade, esta é somente uma das maneiras de efetuar esta configuração, tendo muitas outras formas existentes.

 

 

Gerando senhas aleatórias

Para quem tem problemas de criar senhas complexas, segue o script password-gen. O mesmo gera senhas aleatórias incluindo caracteres alfa-numéricos, especiais, maiúsculos e minúsculos de qualquer tamanho:

#!/bin/bash
#
# Nome.......: password-gen
# Versao.....: 0.0-1
# Descricao..: Gera senhas de acordo com a quantidade de caracteres informada
# Autor......: Leandro Nascimento de Souza - leandro@minimedia.com.br
#

case $1 in
  -c)
    PASS=`tr -dc A-Za-z0-9_@#$%* < /dev/urandom | head -c$2`
    echo $PASS;;
  -h)
    echo "Utilizacao: -c <Quantidade caracteres> | -h Ajuda";;
  *)
    echo "Utilizacao: -c <Quantidade caracteres> | -h Ajuda";;
esac